quarta-feira, 6 de julho de 2016

TEMPLO DO POVO DO ORIENTE-T.E.M.P.O.: AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO VELHO

TEMPLO DO POVO DO ORIENTE-T.E.M.P.O.: AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO VELHO

AS SETE LÁGRIMAS DE UM PRETO VELHO



Sete lágrimas de um Preto Velho

Num cantinho de um terreiro, sentado num banquinho, fumando seu cachimbo, um triste Preto Velho chorava. De seus “olhos” molhados, esquisitas lágrimas pelas faces e seis porque as contei… Foram sete. Na incontida vontade de saber aproximei – me e o interroguei: fala meu Preto Velho, diz ao teu filho por que externas assim uma tão visível dor? E ele suavemente respondeu: estás vendo esta multidão que entra e sai? As lágrimas contadas estão distribuídas a cada uma delas.
A PRIMEIRA, eu dei a estes indiferentes que aqui vem à busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas não podem conceber…
A SEGUNDA , a esses eternos duvidosos que acreditam , desacreditando, na expectativa de um milagre que os façam alcançar aquilo que seus próprios merecimentos negam.
A TERCEIRA, distribuí aos maus, aqueles que somente procuram a Umbanda, em busca de vingança, desejando sempre prejudicar a um seu semelhante.
A QUARTA, aos frios e calculistas que sabem que existe uma força espiritual e procuram beneficiar – se dela de qualquer forma e não conhecem a palavra gratidão:
A QUINTA, chega suave, tem o riso, o elogio da flor dos lábios, mas se olharem bem o seu semblante, verão escrito: creio na Umbanda, nos teus Caboclos e no teu Zambi, mas somente se vencerem o meu caso, ou me curarem disso ou daquilo.
A SEXTA, eu dei aos fúteis que vão de Centro em Centro não acreditando em nada, buscam aconchegos e conchavos e seus olhos revelam um interesse diferente.
A SÉTIMA, filho, nota como foi grande e como deslizou pesada? Foi a última, aquele que vive nos “olhos” de todos os Orixás. Fiz doação dessas aos Médiuns vaidosos que só aparecem no Centro em dia de festa e faltam as doutrinas. Esquecem que existem tantos irmãos precisando de caridade e tantas criancinhas precisando de amparo materno e espiritual.

Assim filho meu, foi para esses todos que vistes cair uma a uma as Sete Lágrimas de um Preto Velho.

Autor Desconhecido


domingo, 5 de junho de 2016

Encontro com Guardiões

Nosso próximo Encontro Fraterno será no dia 26.6. 2016 - domingo, das 15h às 17h.

Sugerimos que venham com roupas leves, claras e confortáveis. Trazer água para ser energizada, flores e frutas. Também pode trazer um lanche para compartilharmos após o Encontro.

Namastê!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

TEMPLO DO POVO DO ORIENTE-T.E.M.P.O.: Encontro Fraterno Ciganos do Oriente

TEMPLO DO POVO DO ORIENTE-T.E.M.P.O.: Encontro Fraterno Ciganos do Oriente

Encontro Fraterno Ciganos do Oriente

Encontro Fraterno com Ciganos do Oriente

Dia 22 de maio - às 15h

Rua Ferreira Pontes, 286


Além das atividades de meditação, mantras, energização de água, flores e frutas, faremos uma homenagem à Sara Kali, padroeira do povo cigano e um satsang para comemorar 1 ano de atividades do TEMPO.

Pedimos que venham de roupas claras e confortáveis. Sugerimos uma dieta de carnes, bebida alcóolica e comidas pesadas, em geral.

Quem quiser, pode trazer frutas, doces, sucos e bolo para compartilhar.

Namastê

Pretos velhos



Salve o dia 13 de maio! Adorei as almas!

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

DIA DE REIS - 06 DE JANEIRO


06 de janeiro – Dia de Reis




No dia 06 de janeiro comemora-se o Dia de Reis, que na tradição cristã foi o dia em que os três Reis Magos levaram presentes a Jesus Cristo.
Cada um dos Reis Magos saiu de sua localidade de origem, ao contrário do que pensamos - que viajaram juntos.
Baltazar saiu da África, levando para o menino Jesus mirra, um presente ofertado aos profetas. A mirra é um arbusto originário desse país, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos.
O presente do rei Gaspar, que partiu da Índia, foi o incenso, como alusão à sua divindade. Os incensos são queimados há milhões de anos para aromatizar os ambientes, espantando insetos e energias negativas, além de representar a fé, a espiritualidade.
Melchior ou Belchior partiu da Europa, levando ouro ao Messias, rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e era oferecido apenas aos deuses.
Em homenagem aos Reis Magos, os católicos realizam a Folia de Reis, que se inicia em 24 de dezembro, véspera do nascimento de Jesus, indo até o dia 06 de janeiro, dia em que encontraram o menino.
A folia de reis é de origem portuguesa e foi trazida para o Brasil por esses povos na época da colonização.
Durante os festejos, os grupos saem caminhando pelas ruas das cidades, levando as bênçãos do menino para as pessoas que os recebem. É tradição que as famílias ofereçam comidas aos integrantes do grupo, para que possam levar as bênçãos por todo o trajeto.
Os integrantes do grupo da Folia de Reis são: mestre, contramestre, donos de conhecimentos sobre a festa, músicos e tocadores, além dos três reis magos e do palhaço, que dá o ar de animação à festa, fazendo a proteção do menino Jesus contra os soldados de Herodes, que queriam matá-lo. Além desses personagens, os foliões dão o toque especial, seguindo o cortejo.
Uma tradição bem diferente da nossa acontece na Espanha, onde as crianças deixam sapatos nas janelas, cheios de capim ou ervas, a fim de alimentar os camelos dos Reis Magos. Contam as lendas que em troca, os reis magos deixam doces e guloseimas para as crianças.
Em alguns países fazem a comemoração repartindo o Bolo Rei, que tem uma fava no meio da massa. A pessoa que for contemplada com a fava deve oferecer o bolo no ano seguinte.
Na Itália a comemoração recebe o nome de Befana, uma bruxa boa que oferece presentes às crianças. No país não existe a tradição de se presentear no dia 25 de dezembro, mas no dia 06 de janeiro, Dia de Reis.O dia de reis é tão importante na Europa que se tornou feriado em todo o continente.

Simpatia de Reis  - romã poderosa 

Pegue uma romã e retire nove sementes pedindo aos três Reis Magos, Balthasar, Belchior e Gaspar, que nesse ano que se inicia você tenha muita saúde, amor, paz e dinheiro. Depois pegue três das nove sementes e guarde na carteira para que nunca lhe falte dinheiro. As outras três você engole. E as últimas três que sobraram você joga pra trás fazendo o pedido que desejar.

domingo, 1 de novembro de 2015

SÓ O AMOR É REAL

Em tempos difíceis como os que estão vivendo, vale sempre a pena falar de amor.

O amor é a força maior que nos move, é a presença Divina que há em todos.Digo que nos move, porque também eu sou movido pelo amor. Sem amar a Deus e sem amor de Deus eu nada seria, eu nada faria.

Sem amor, os seres nada seriam, nada fariam. Vejo os filhos preocupados com convenções sociais, interesses materiais e sem a mínima preocupação com o amor.

Filhos, acordem! O mundo precisa de mais amor e menos convenções.

O sentimento maior que deve prevalecer nas relações humanas, principalmente, é o amor. A única maneira de deixar fluir o amor é amando. Amando à Deus acima de todas as coisas e acima de todas as causas. Depois amar a si próprio e amar o próximo como a si mesmo. É um exercício difícil para os seres humanos pois, os humanos ainda estão revestidos do instinto, do espírito animal que há em cada um. Difícil, mas possível. Deixem o amor fluir! Deixem o amor falar mais alto com bom senso e equilíbrio. Distinguindo amor de desejo, de vontade, de paixão.

O amor cura enfermidades do corpo e da alma e, supera adversidades. Jesus Cristo o maior avatar que já esteve no Planeta, esteve aqui por amor e morreu por amor. Lembrem-se disso!

Sete Flechas do Oriente.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

TE AJUDA QUE TE AJUDAREI

As palavras são do Mestre Jesus e válidas até hoje.

É comum vermos pessoas em Igrejas, Templos, Casas Espíritas pedindo, clamando ajuda. Mas a pergunta é: o que as pessoas têm feito em prol de si mesmas? Sete Flechas nos diz que ele pode ajudar sim, pois está no planeta pra isso. Mas também diz que o " filho" tem que se movimentar, tem que se ajudar, em todos os sentidos. Uma vez que ele pede ajuda ao Espiritual, compete-lhe agora fazer sua parte no Material.

Fica então a máxima: "Te ajuda que te ajudarei."

Namastê!